Vinhos do mundo: saiba quais países merecem espaço na sua adega

Basta um gole de vinho para fazer uma viagem sensorial por todo o planeta. Países do Velho e do Novo Mundo imprimem suas peculiaridades em seus rótulos, apresentando uma explosão de sabor aos enófilos. Talvez seu paladar seja mais amigo de algumas características e, por isso, você se apaixone mais por um país ou região. Ou, quem sabe, você aproveite cada uma em sua plenitude, sem distinções. Reunimos as principais particularidades dos maiores produtores de vinho do mundo e, toda semana, vamos falar sobre um deles. Primeira parada: Argentina! 

Argentina

Nossos vizinhos ganharam grande importância no cenário da vinicultura atual. Hoje, eles são o quinto maior produtor de vinhos do mundo. O país exporta 25% de toda sua produção anual para o Velho Mundo e dedica uma média de 210 mil hectares aos vinhedos plantados.

A Argentina se destaca pela produção do vinho Malbec – uva originária da região sudoeste da França, mas que se desenvolveu plenamente no país latino graças às condições climáticas, geográficas e geológicas favoráveis ao plantio. Esses fatores fazem com que o Malbec argentino tenha acidez moderada, evitando que amarre na boca.

As bebidas argentinas produzidas com uvas Cabernet Sauvignon também fazem sucesso no mundo todo. Já nos brancos, a predominância vem das uvas da casta Chardonnay. No geral, os vinhos argentinos são conhecidos pela ótima relação de qualidade e preço, além do sabor marcante e que agrada facilmente o paladar.

Confira a variedade de vinhos argentinos em nossa loja virtual!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.