Uvas desconhecidas e vinhos fascinantes

Quando começamos a nos aventurar no mundo dos vinhos, é natural que se busque as uvas mais famosas e aclamadas.  Muita gente está acostumada a conhecer os vinhos por nomes como: Cabernet Sauvignon, Merlot, Pinot Noir, Syrah, Malbec, Nebbiolo, Chardonnay, Sauvignon Blanc e até Carménère.

E claro, todas essas em suas características, são maravilhosas e dignas de uma experiência única.

Mas, e se a garrafa do seu Syrah trouxesse um corte com as uvas Picpoul Noir e Grenache Noir?

Existem desconhecidas castas que produzem vinhos muito especiais e alguns até excepcionais. Esqueça aquela história de que, para beber um grande vinho, é necessário que ele seja produzido a partir de uma uva “famosa”.

Existem com certeza mais de mil variedades de uvas viníferas pelo mundo, e muitas delas são autóctones, ou seja, nativas e cultivadas apenas num determinado local. É importante lembrar que uma mesma variedade de uva, plantada em locais de clima e solo diferentes, produz vinhos com características distintas. O que só pode ser vantajoso pra quem experimenta todos eles, não é?

rosewine

Se você busca um vinho original e único – e na maioria das vezes com bom preço – procure por uvas autóctones e surpreenda-se!

O blend Syrah, Picpoul Noir e Grenache Noir ali de cima, foi uma dessas gratas surpresas. Um rosé caprichado, frutado e muito leve, servido resfriado, que com certeza pode fazer parte do seu fim de semana, de um jantar especial, de uma reunião simples e divertida.

O bom é garimpar e comparar, na taça! Tin-tin!

2 opiniões sobre “Uvas desconhecidas e vinhos fascinantes”

    1. Oi, Simone! Esse especificamente, foi presente de um amigo de longe. Mas na internet você deve encontrar fornecedores brasileiros. E claro, reforçamos a dica: experimentar novas uvas, sem preconceito, pode te trazer grandes surpresas! 🙂 Aproveite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *