Arquivo da tag: vinícola

Linha de vinhos tem renda revertida a abrigo para animais abandonados

Os amantes dos animais vão adorar essa notícia: uma vinícola da cidade de King Ferry, localizada no norte do estado de Nova York, reverte parte da renda de uma linha de vinhos a um abrigo para animais abandonados.

A vinícola em questão é a Treleaven Wines, a linha é a Sophistocrats e a instituição é a Tompkins County Society for the Prevention of Cruelty to Animals, ligada à Society for the Prevention of Cruelty to Animals (SPCA), ONG que congrega várias entidades em prol do bem-estar animal em todo o mundo.

Na Treleaven, uma vinícola familiar de 100 mil metros quadrados, são cultivadas as uvas Chardonnay, Riesling, Pinot Noir, Gewürztraminer, Cabernet Franc e Vidal.

A Sophistocrats é composta por três vinhos de mesa, que receberam os nomes de Bruno, Charlie e Jinx. Os rótulos trazem ilustrações coloridas e divertidas de cães e gatos e as rolhas são desenhadas com figuras de pets.

O vice-presidente da vinícola, Lev Saltonstall, afirma que a ideia é que apaixonados por vinhos também abracem a causa animal e a tornem parte de suas vidas.

A iniciativa é um sucesso e fica de inspiração para outras marcas!

Linha inspirada em pets

 

Ioga no vinhedo? Vinícola na Inglaterra oferece retiro aos visitantes

A vinícola Hambledon, localizada em Hampshire, Inglaterra, e a instrutora de ioga Vickie Williams se uniram para lançar uma série de retiros de ioga, cada um em uma estação do ano.

“Fizemos um mergulho para entender profundamente como as mudanças das estações se aplicam às nossas vidas”, explicou Williams. Durante o retiro de outono, por exemplo, os visitantes meditaram com foco em três coisas que realizaram durante o verão.

Em outra meditação, denominada “meditação de liberação de folhas”, eles eram questionados sobre o que estavam dispostos a soltar, simbolizando o período em que as videiras são cortadas e ficam adormecidas, reconstruindo suas reservas de energia.

Segundo a gerente da vinícola, Katrina Smith, existe uma grande sinergia entre a vinificação e a ioga, uma vez que ambas falam sobre se conectar e trabalhar em conjunto com a natureza.

O próximo retiro será realizado em 10 de junho e custará £ 85. Ele dura sete horas e também inclui um passeio pelas vinhas, almoço e degustação de vinhos.

Veja muitas outras notícias e curiosidades aqui!

Vinícola da Califórnia oferece wine tour para cães

Você é do tipo que leva seu cachorro para onde for? Então, vai adorar essa notícia: na Califórnia, é possível visitar uma vinícola, a Calistoga Ranch, na companhia do seu melhor amigo.

A vinícola, que possui 157 hectares e um lago particular, oferece um passeio de três noites criado especialmente para o animal.

As atividades incluem até uma “caçada ao bacalhau defumado”! Além da brincadeira, é possível fazer trilhas ao lado do cão e até mesmo se divertir em uma festa temática.

O que achou da novidade?

Veja muitas outras notícias e curiosidades sobre vinícola aqui!

Vinhos do mundo: a autenticidade do vinho português

Portugal possui uma longa tradição vinícola. Sua origem remonta à antiguidade clássica, quando a região sofreu influência dos fenícios, gregos e celtas. Porém, foi com os romanos que a região se estabeleceu como grande produtora, como resposta à demanda crescente da população do Império. Com as grandes navegações, o vinho português se espalhou por todo o mundo, sendo levado pelas caravelas e pelas missões jesuítas aos novos continentes.

O país possui clima e solo favoráveis à produção da bebida e ainda uma vantagem que o coloca à frente de muitos outros: sua imensa quantidade de vinhos, graças à riqueza de suas cepas nativas. São mais de 250 castas, sendo as mais utilizadas a Baga, Castelão, Tinta Roriz, Touriga Nacional, Fernão Pires e Encruzado. Essa característica o torna um dos poucos países que fogem ao cultivo majoritário de uvas francesas, como cabernet sauvignon e chardonnay.

Uma das principais regiões produtoras é a região do Douro, responsável por nada menos que 47% da produção do Vinho do Porto do país. O conhecido vinho enriquecido português surgiu com a necessidade de conservar a bebida que era destinada à Inglaterra e que precisava percorrer um grande trajeto pelo Rio Douro e pelo Oceano até chegar lá. Por isso, ela era fortificada com água ardente, feita a partir do bagaço das uvas. Outras regiões de destaque são Tejo, Alentejo (a maior, com 31 mil km² de área), Dão, Bairrada e Vinho Verde.

Trata-se do nono maior exportador de vinho do mundo – no ano passado, ele vendeu 2,8 milhões de hectolitros para o exterior, totalizando 734 milhões de euros (o país reserva cerca de 180 mil hectares para a produção da bebida). E ele também sabe beber, viu? É o país com maior consumo de vinho por habitante do mundo: são 54 litros por pessoa por ano!

Na semana que vem tem mais! 🙂

Vinhos do mundo: saiba mais sobre as vinícolas da Itália

Depois de Argentina e Chile, hoje é dia de falar sobre os deliciosos vinhos italianos. Acompanhe a gente nesse tour pelo mundo!

Itália

Elegância, classe e charme são palavras que representam bem a bebida deste país. A Itália possui uma fortíssima tradição na arte da vinicultura – ela existe por lá desde 1.200 a.C.!

Não é por acaso que a Itália é a segunda maior produtora de vinho do mundo, sendo que só o consumo interno pode alcançar 4,4 bilhões de litros (uma média de 48 litros por cidadão por ano), e exportação de mais de 1,55 bilhões de litros anualmente.

O país aposta em suas uvas nativas, também chamadas de autóctones, como as uvas Nebbiolo, Sangiovese, Barbera e Aglianico. As mais de 300 regiões vinícolas produzem diversos tipos de bebida, entre elas os vinhos Novello, Vecchio, Clássicos, Superiore, Riserva, Spumante, Frizzante, Secco, Abbocado, Amabile, Dolce, Liquoroso, Passito e Ripasso.

Todos esses fatores fazem com que a Itália seja conhecida como Enotria, a terra do vinho!

Fique ligado que na semana que vem tem mais!

A vinícola de Coppola na Califórnia

Você com certeza conhece Francis Ford Coppola por seus grandes filmes, como a trilogia de “O Poderoso Chefão”. Mas poucos sabem que, além disso, o cineasta também produz grandes vinhos.

Inspirado por seu avô Agostino Coppola – que produzia vinho no porão de seu apartamento em Nova Iorque – Francis seguiu com a tradição da família. Há também a glamourosa história que Coppola resolveu se aventurar no mundo dos vinhos durante um jantar, com os amigos George Lucas e Steven Spielberg, em que seu vizinho – um produtor – bateu à porta oferecendo uma garrafa a eles.

Seja qual for o motivo ou inspiração, Coppola parece refletir qualidade e bom gosto em tudo que produz.

coppola2

A vinícola parece o cenário de uma superprodução cinematográfica.
Não à toa, claro, já que o espaço foi desenhado por Dean Tavoularis, designer de produção, que trabalhou em diversos filmes de Coppola, como a famosa trilogia e “Apocalypse Now”.

O lugar é uma raridade no Wine Country californiano, e passa longe da seriedade de outras vinícolas. Num clima descontraído, que se reflete nos mais de 40 vinhos à venda, e no local que atrai pessoas e amantes de vinho do mundo todo. A Francis Ford Coppola Winery é referência mundial e parada obrigatória para quem visita a Califórnia.

Há tantas coisas para se fazer na vinícola do cineasta que a atração principal quase fica em segundo plano. Conta com restaurante, piscina, um pequeno museu e sala de degustação. Ainda é possível comprar vinhos da propriedade e molhos para massas produzidos organicamente, a partir de receitas de Francis Ford Coppola.

Além de encher os olhos, o local aguça o paladar.

Uma frase famosa sobre o diretor é que “Coppola não faz nada barato”.

De sabores excelentes, bem marcados, com qualidade de sobra, você deve se preparar para uma experiência única, somados a um passeio de tirar o fôlego.