Arquivo da tag: bebida

Dia Mundial do Gim: aprenda a história da bebida e drinques deliciosos

Neste sábado (9) é comemorado o Dia Mundial do Gim, data de celebração da cultura em torno da bebida destilada que vem liderando a tendência da mixologia internacional.

Pouca gente sabe, mas o gim foi criado no século XVII pelo médico e professor holandês Francisco de la Boie como um remédio para amenizar problemas renais. Durante a Guerra dos 30 anos, a bebida se popularizou entre os soldados ingleses como uma forma de espantar o frio e, de lá pra cá, seu consumo só tem aumentado ao redor do mundo.

A fórmula que é engarrafada e distribuída em todo o mundo leva, além do zimbro, ervas e temperos como milho, cevada, canela, centeio, coentro e cardamomo. Apesar de ter sido uma bebida de grande sucesso na década de 80, o gim caiu em ostracismo com a chegada dos anos 90 e a busca por bebidas mais práticas e prontas para beber. Nos anos 2000, chefs de cozinha passaram a acrescentar algumas receitas com a bebida no cardápio e o sucesso foi instantâneo.

Apesar de todos os gins terem a mesma base, os fabricantes costumam fazer suas próprias alterações nas receitas, que permitem a criação de estilos completamente diferentes. Um gim pode ser:

Clássico: seco, com sabor predominante do zimbro e toques cítricos e picantes.

Cítrico: com notas de laranja, tangerina, limão ou grapefruit.

Aromático: forte presença de especiarias e notas de canela, coentro, cardamomo e noz-moscada.

Herbal: com aromas de ervas, como tomilho, hortelã, alecrim e manjericão.

Floral: com aromas de flores e frutos, como flor de uva verde, cassis, violeta e jasmin.

Selecionamos oito receitas deliciosas para mostrar a versatilidade desse destilado, confira!

8 receitas para celebrar o Dia Mundial do Gim
Gim & Tônica
Ingredientes
  • 50 ml de gim
  • 2 rodelas de limão siciliano ou tahiti
  • Água tônica na quantidade necessária para completar a taça
  • 1 ramo de alecrim para decorar
  • Gelo a gosto
Modo de preparo

Coloque o gelo no copo e acrescente todos os ingredientes. Decore com alecrim e sirva.

Gimlet
Ingredientes
  • 60 ml de gim
  • 25 ml de suco de limão espremido na hora
  • 5 ml de xarope de açúcar
  • Gelo
  • Uma taça de Martini
Modo de preparo

Coloque gelo numa coqueteleira e adicione os ingredientes. Bata e sirva coado e sem gelo na taça previamente gelada.

Negroni
Ingredientes
  • 50 ml de gim
  • 50 ml de bitter
  • 50 ml de vermute rosé doce
Modo de preparo

Coloque o gelo no copo, acrescente uma parte de cada um dos três ingredientes e mexa um pouco com uma colher.  Sirva em copo old fashioned com duas ou três pedras de gelo.

Safron Martini
Ingredientes
  • 40 ml de gim aromatizado com açafrão
  • 30 ml de vermute branco
  • 20 ml de suco de limão siciliano
Modo de preparo

Em um recipiente, misture o gim, o vermute e o suco de limão. Passe um pedacinho da casca do limão na parte de dentro da borda do copo para que fique mais cítrico. Passe a mistura para o copo e decore com a casca do limão.

Rose Cucumber
Ingredientes
  • 75 ml de gim
  • 200 ml de água tônica
  • Gotas de bitter
  • 2 fatias de casca de pepino
  • 2 pétalas de rosa
  • Gelo
Modo de preparo

Em um recipiente, misture o gim, a água tônica e o bitter. Em um copo, coloque o gelo, as fatias de pepino e as pétalas de rosa. Preencha com a mistura de gim.

French 75
Ingredientes
  • 60 ml de gim
  • 20 ml de suco de limão siciliano
  • 1 dash de xarope simples
  • 1 cereja em calda
  • 1 colher (chá) de calda de cereja
  • Espumante
  • Xarope simples feito com 1 xícara de açúcar e 1 xícara de água
Modo de preparo

Para o xarope, em uma panela ferva a água e o açúcar até obter uma calda leve. Reserve. Em uma coqueteleira, bata o gim, o suco de limão e o xarope simples. Coloque a mistura em uma taça flute. Complete com espumante. Adicione a calda e a cereja.

Bee’s Knees
Ingredientes
  • 60 ml de gim
  • 20 ml de mel
  • Suco de 1/2 limão siciliano
  • 1/2 rodela de limão siciliano
  • Gelo
Modo de preparo

Em um copo de uísque, misture o mel e o suco de limão como uma colher, formando uma espécie de xarope. Complete com o copo com gelo. Adicione o gim e decore com a 1/2 rodela de limão.

White Scarface
Ingredientes
  • 60 ml de gim
  • 40 ml de ginger ale
  • 40 ml de soda
  • Suco de 1/2 limão siciliano
  • Casca de limão e açúcar de baunilha para decorar
  • Gelo
Modo de preparo

Em uma coqueteleira, bata o gim e o suco de limão. Em um copo, use a parte suculenta da casca do limão para passar na borda do copo. Depois, encoste a borda no açúcar de baunilha, criando uma crosta fininha em volta. Preencha com gelo e adicione a mistura da coqueteleira.  Coloque o ginger ale e a soda. Decore com a casca de limão.

Ah, e lembre-se: a tônica sempre deve estar gelada. Se estiver quente, o drinque vai ficar mais doce e menos gaseificado.

Ficou com vontade? Você pode encontrar uma variedade de gim em nossa loja virtual e receber na comodidade de sua residência.

Veja muitas outras notícias e curiosidades aqui!

Vinho pode melhorar fluência em línguas estrangeiras

Um estudo publicado pelo Journal of Pharmacology afirma que beber uma pequena quantidade de álcool pode melhorar a fluência em línguas estrangeiras.

A pesquisa, realizada por um grupo de cientistas do Reino Unido, Alemanha e Holanda, recrutou 50 falantes nativos de alemão da Universidade de Maastricht. Cada participante aprendeu a ler, escrever e falar em holandês, e passou por um exame para demonstrar seu aprendizado.

Eles foram convidados a realizar uma conversa gravada de dois minutos em holandês com um entrevistador. Antes do bate-papo, metade recebeu um pouco de água para beber, enquanto os outros receberam vinho. Após a conversa, os participantes classificaram suas próprias performances com base no vocabulário, pronúncia, escolha de palavras, compreensão, fluência e qualidade geral.

Após a conclusão dos testes, as conversas foram avaliadas por falantes nativos e aqueles que consumiram álcool foram significativamente melhores do que o grupo de controle, especialmente quando se tratava de pronúncia.

Os autores do estudo especulam que as propriedades de redução da tensão do álcool podem ajudar a aliviar a ansiedade da fala, associada a sentimentos de desconforto e apreensão ao aprender ou usar outra língua. Curioso, não?

Veja muitas outras notícias e curiosidades aqui!

Acredite se quiser: som das borbulhas revela qualidade do espumante

Você sabia que o som das borbulhas do espumante pode revelar a qualidade da bebida? É o que garante um estudo realizado pela Universidade do Texas e publicado no Science Daily.  Segundo os pesquisadores, o número e o tamanho das bolhas são indicadores de qualidade: enquanto as pequenas e abundantes são um bom sinal, as grandes e menos frequentes mostram que o espumante não é tão bom quanto se imaginava.

A equipe mediu a acústica das bebidas usando um hidrófono, instrumento usado para gravar sons debaixo d’água. “As bolhas são muito ressonantes. Elas soam como sinos e a frequência desse som depende, em parte, do tamanho das bolhas”, explica Kyle S. Spratt, um dos autores do estudo.

Eles também descobriram que a taça impacta nos resultados. “A taça também é um objeto ressonante, então nosso desafio foi garantir que as características do vidro não prejudicariam as medições”, revela Spratt.

A equipe está satisfeita com as descobertas.  Spratt acredita que podem ser úteis em testes de garantia de qualidade de espumantes e outras bebidas carbonatadas. Também há a possibilidade de que a medição do som possa sinalizar falhas ou problemas que não são detectáveis apenas pelo gosto.

Veja muitas outras notícias e curiosidades sobre espumante aqui!

Pirulito de vinho? Empresa americana aposta em novidade

Mais uma novidade para quem ama vinhos: a empresa Lollyphile, sediada em Austin, no Texas, lançou um pirulito inspirado na bebida.

Os consumidores podem escolher entre os sabores Cabernet Sauvignon, Merlot e Chardonnay. A receita é feita a partir de uma combinação de sabores naturais e artificiais e não leva qualquer traço de vinho e nem álcool – ou seja, liberado para a criançada!

No site da empresa, um pacote com quatro pirulitos é vendido por US$ 8. Há também outros sabores, como negroni e absinto.

Leia muitas outras notícias e curiosidades aqui!

Vinhos de mesa e vinhos finos: você sabe a diferença?

Você provavelmente já deve ter ouvido os termos vinhos de mesa e vinhos finos por aí. Mas o que distingue um do outro?

A diferença entre as duas bebidas está no tipo de uva utilizado. A videira pertence ao gênero Vitis, que possui mais de quarenta espécies, entre as quais a Vitis vinifera, que, por sua vez, conta com mais de cinco mil variedades, como as famosas Cabernet Sauvignon, Merlot, Chardonnay.

Os vinhos produzidos a partir das uvas Vitis vinifera são os chamados vinhos finos e conhecidos pela sua altíssima qualidade. São límpidos e brilhantes, lembrando frutas, notas florais e uma infinidade de outras percepções, tanto no olfato quanto no paladar.

Já os vinhos produzidos a partir de outras espécies, como Vitis labrusca, Vitis rupestris, Vitis riparia e Vitis bourquina, são chamados de vinhos de mesa. Eles são mais adequados para o consumo direto e possuem qualidade inferior. Geralmente são opacos, têm aromas rústicos e paladar muito simples e intenso. Seu grande atrativo está no preço.

Lembre-se!

Antes de comprar a bebida, leia com atenção todas as informações do rótulo para se certificar de que você está escolhendo o tipo de vinho que procura.

Leia muitas outras notícias e curiosidades aqui!

Marca produz espumantes para grávidas

Uma marca de vinhos criada especialmente para grávidas? Ela existe e se chama 9Months!

O nome, “9 meses”, em português, faz referência ao tempo gestacional das mulheres. Sua criadora, a consultora de vinhos Carrie Marvin, afirma que a marca foi pensada em si mesma e em todas as mulheres grávidas impossibilitadas de beber durante a gestação.

Método de produção

A 9Months produz espumantes não alcoólicos a partir de uvas viníferas australianas. O suco das uvas recém-colhidas é coletado e refrigerado a 0°C para evitar a fermentação. Em seguida, é filtrado e pasteurizado dentro da garrafa. Interessante, não?

Leia muitas outras notícias e curiosidades aqui!

Beber vinho pode prevenir depressão

Boa notícia para os amantes de vinho: um estudo realizado por cientistas espanhóis e publicado pela revista BMC Medicine apontou que o consumo de vinho pode estar relacionado a menores taxas de depressão.

Os pesquisadores colheram dados de 5.505 homens e mulheres e descobriram que o consumo entre duas e sete taças da bebida por semana diminuiria as chances de desenvolver a doença em 32%. A explicação estaria relacionada à presença de resveratrol, substância dotada de propriedades neuroprotetoras.

Mas lembre-se: para ser saudável, o consumo deve ser moderado! 🙂

Além do limão: aprenda a preparar uma caipirinha de pimenta e manga

Talvez você nunca tenha pensado nessa combinação, mas, acredite, ela fica uma delícia!

A caipirinha de pimenta e manga traz benefícios em dose dupla: enquanto a pimenta diminui o colesterol, protege o coração e acelera o metabolismo, ajudando no emagrecimento, a manga combate o envelhecimento precoce, controla a pressão e melhora a digestão e a saúde da pele.

Bom demais, né? Então, anote já a receita e comemore o fim do ano com estilo!

Caipirinha de pimenta e manga

Ingredientes

  • 1/2 manga picada
  • 2 doses de vodca
  • 1 colher (sobremesa) de açúcar
  • 1 pimenta dedo-de-moça em tiras sem semente

Modo de fazer

Coloque a manga, a pimenta e o açúcar em um copo e macere levemente. Em seguida, acrescente vodca e mexa até dissolver o açúcar. Complete o copo com gelo e sirva.

Aprenda a preparar o famoso Moscow Mule

Mesmo que você nunca tenha ouvido falar em Moscow Mule, provavelmente já viu uma foto desse drinque nas suas redes sociais. Servida em uma caneca de cobre e, por isso, apelidado de “drinque da canequinha”, a bebida foi criada entre as décadas de 40 e 50, nos Estados Unidos, e faz parte do cardápio dos bares e restaurantes mais descolados do mundo.

O Moscow Mule surgiu quando dois amigos, um que vendia vodca e outro que vendia cerveja de gengibre, uniram esforços para promover seus produtos. Seu nome é uma referência ao efeito que a vodca, destilado de origem russa, costuma causar em seus consumidores. Já a famosa caneca de cobre usada para tomar o drinque é uma referência ao tipo de copo que os viajantes levavam em suas longas viagens no lombo das mulas.

A receita original leva vodca, ginger beer e limão, mas, como no Brasil é difícil encontrarmos cerveja de gengibre, foi criada uma versão tupiniquim. Anote!

Moscow Mule

Ingredientes

  • 100 ml de vodca
  • 50 ml de suco de limão
  • Uma fatia de 1 cm de gengibre macerada em 1 lata de cerveja pilsen
  • 1 limão cortado e raspas de limão para decoração
  • Gelo

Modo de preparo

Encha uma caneca com gelo. Adicione a vodca e o suco de limão. Complete com a cerveja. Misture delicadamente e decore com a espuma de gengibre* e o limão.

*para preparar a espuma de gengibre, basta misturar em um sifão para chantilly 100 ml de suco de limão, 100 ml de xarope de açúcar, 100 ml de suco de gengibre fresco e 100 ml de clara de ovo.

10 receitas irresistíveis com vinho

Saborear uma bela taça de vinho é uma delícia – imagine então poder preparar uma receita de dar água na boca com a sua bebida favorita? Selecionamos as dez melhores receitas, de prato principal à sobremesa, para você testar e convidar os amigos para um jantar inesquecível!

Risoto de quatro queijos com vinho branco

Ingredientes:

  • ¼ de xícara (chá) de azeite extravirgem
  • ½ xícara (chá) de cebola ralada
  • 3 dentes de alho
  • 2 xícaras (chá) de arroz arbóreo
  • ½ xícara (chá) de vinho branco seco
  • 1 litro de caldo de carne quente
  • ½ xícara (chá) de queijo prato picado
  • ½ xícara (chá) de queijo gorgonzola picado
  • ½ xícara (chá) de mussarela picada
  • ½ xícara (chá) de queijo ralado
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de Preparo:

Aqueça o azeite e doure a cebola e o alho. Junte o arroz e refogue até começar a grudar na panela. Tempere com o sal, adicione o vinho e, sem parar de mexer, acrescente o caldo de carne em conchas. Mexa até praticamente todo o líquido ser absorvido e adicione mais caldo. O arroz deve ficar macio, porém firme, e com aspecto de empapado. Junte os queijos em pedaços e mexa até derreterem. Polvilhe com a pimenta e sirva.

Carpaccio de palmito com camarão e vinho do Porto

Ingredientes:

  • 1 limão
  • 1/3 de xícara de azeite extravirgem
  • 400 g de palmito pupunha fresco cortado em lâminas finas
  • 12 camarões maille (ou camarão-rosa grande) temperados a gosto
  • ¼ de xícara de vinho do Porto
  • 1 colher (chá) de cebolinha
  • 1 colher (chá) de dill
  • 1 colher (chá) de coentro
  • Sal e pimenta branca a gosto

Modo de Preparo:

Misture o limão, o azeite, sal e pimenta e tempere os carpaccios de palmito. Em uma frigideira bem quente e com um pouco de azeite, passe os camarões por quatro minutos ou até que estejam cozidos. Leve o vinho ao fogo baixo para se reduzir e deixe até que esteja com textura de xarope. Utilize-o para decorar o prato junto com as ervas frescas.

Bolo de rolo com recheio de goiaba e vinho do Porto

Ingredientes:

Massa:

  • 250 g de manteiga
  • 250 g de açúcar
  • 5 ovos
  • 250 g de farinha de trigo
  • Açúcar para polvilhar

Recheio:

  • 1 lata de goiabada
  • 125 ml de água
  • 50 ml de vinho do Porto

Modo de preparo:

Para a massa:

Bata a manteiga e o açúcar. Acrescente os ovos, um a um. Junte a farinha de trigo e bata até obter uma mistura homogênea. Unte duas formas retangulares com manteiga e farinha de trigo. Espalhe a massa, deixando-a bem fina, com mais ou menos dois dedos, e leve ao forno preaquecido a 200°C por três minutos, no máximo. Retire. Vire o bolo em um pano de prato polvilhado de açúcar. Espalhe a goiabada derretida e enrole ainda quente. Espere esfriar e corte em fatias.

Para o recheio:

Corte a goiabada em cubos, coloque na batedeira com a água e bata até a mistura ficar cremosa. Leve ao fogo e cozinhe até ferver, mexendo sempre. Acrescente o vinho do Porto e misture bem. Deixe esfriar e reserve.

 Zabaione de vinho do Porto

Ingredientes:

  • 4 gemas
  • ¼ de xícara (chá) de açúcar
  • 1 colher (café) de essência de baunilha
  • ½ xícara (chá) de vinho do Porto

Modo de preparo:

Bata as gemas e o açúcar na batedeira até obter um creme claro. Adicione a baunilha e o vinho do Porto e leve ao fogo, em banho-maria, para cozinhar (o bowl não precisa ficar mergulhado na água). Bata bastante com um fouet ou use batedeira de mão até a mistura dobrar de volume e ficar bem encorpada.

Frango ao vinho tinto com polenta

Ingredientes:

  • 8 sobrecoxas de frango
  • 1,5 litro de vinho tinto
  • 1 cebola picada
  • 1 cenoura picada
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1 bouquet garni (amarrado de ervas)
  • 3 colheres (sopa) de óleo
  • 3 colheres (sopa) de farinha de trigo
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:

Coloque o frango em uma tigela e junte o vinho, a cebola, a cenoura, o alho e o bouquê garni.

Cubra com um filme plástico e leve à geladeira até o dia seguinte. Escorra o frango, a cebola e a cenoura e seque-os com papel-toalha. Reserve o vinho e o bouquet garni. Em uma frigideira, doure os pedaços de frango no óleo aquecido e transfira-os para uma panela. Refogue a cenoura e a cebola na mesma frigideira do frango e, em seguida, junte-as à panela. Polvilhe com a farinha de trigo e misture bem. Acrescente o alho e o bouquê garni e tempere com o sal e a pimenta-do-reino. Adicione o vinho e leve ao fogo até ferver. Abaixe o fogo, tampe a panela e deixe cozinhar por mais ou menos uma hora. Separe os pedaços de frango. Passe o molho por uma peneira, pressionando bem, e regue o frango com o molho peneirado. Reserve aquecido.

Sopa de frutas vermelhas ao vinho tinto e cassis de dijon

Ingredientes:

  • 500 gramas de frutas vermelhas (morango, framboesa, amora e mirtilo)
  • 130 gramas de açúcar de confeiteiro
  • 1 pitada de canela em pó
  • 500 ml de vinho tinto
  • 150 ml de licor de cassis de dijon
  • 4 bolas de sorvete de baunilha
  • Folhas de hortelã para decorar

Modo de preparo:

No liquidificador, bata as frutas vermelhas, o açúcar e a canela. Adicione aos poucos o vinho tinto. Finalize com o licor. Para a montagem, divida em pratos fundos a sopa e coloque uma bola de sorvete de baunilha. Decore com baunilha em fava ou hortelã e algumas frutas vermelhas frescas. Sirva a sopa bem gelada.

Pera ao vinho tinto

 Ingredientes:

  • 4 peras portuguesas
  • ½ garrafa de vinho tinto
  • 1 ½ xícara (chá) de açúcar
  • 100 g de canela em pó

Modo de preparo:

Descasque as peras e cozinhe-as no vinho tinto com o açúcar e a canela por 20 minutos. Enfeite com um ramo de hortelã e, se preferir, sirva com sorvete de creme.

Gelatina de vinho com frutas

Ingredientes

  • 2 ½ colher (sopa) de gelatina incolor em pó
  • 2 ½ xícara (chá) de vinho branco
  • 1 ½ xícara (chá) de suco de laranja coado
  • 4 colheres (sopa) de adoçante
  • 2 xícaras (chá) de frutas (maçã, ameixa vermelha, morango e manga) cortadas em cubos
  • Folhas de hortelã para decorar

Modo de preparo

Hidrate a gelatina em uma xícara de vinho e dissolva-a em banho-maria. Em um recipiente, coloque o restante do vinho, o suco de laranja e o adoçante. Misture bem e acrescente a gelatina. Unte a forma com um pouco de óleo. Coloque a gelatina e as frutas cortadas em cubos. Leve à geladeira por seis horas ou até que a gelatina esteja firme. Desenforme com cuidado e decore com frutas frescas e folhas de hortelã.

Bisteca de porco com molho de vinho e batata

Ingredientes:

  • 6 bistecas suínas
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1 xícara (chá) de vinho branco seco
  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 1 tablete de caldo de carne
  • 1 xícara (chá) de água
  • 2 colheres (sopa) de extrato de tomate
  • 500 gramas de batatas com casca
  • 2 colheres (sopa) de azeite extravirgem
  • 1 colher (sopa) de alecrim
  • Salsa ou salsinha a gosto
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:

Tempere as bistecas com o alho, sal, a pimenta e o vinho. Deixe tomar gosto por 30 minutos. Aqueça a panela de pressão com o óleo e doure as bistecas escorridas do tempero (reserve a marinada). Junte o tempero, o caldo de carne, a água e o extrato. Tampe a panela e leve ao fogo alto até ferver. Abaixe o fogo e cozinhe por mais 15 minutos. Em outra panela de pressão, ponha as batatas lavadas, o azeite, sal e o alecrim. Tampe e cozinhe em fogo alto até ferver. Abaixe a chama e cozinhe por mais três minutos, sacudindo a panela às vezes para as batatas dourarem por igual. Espere sair a pressão da panela das bistecas. Transfira para uma travessa, polvilhe salsa e sirva com a batata dourada.

Lagarto na pressão com vinho 

Ingredientes:

  • 1,5 kg de lagarto limpo
  • 2 xícaras (chá) de vinho tinto
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 pimenta-dedo-de-moça sem sementes picada
  • 2 tabletes de caldo de carne light
  • 2 folhas de louro
  • 12 cenouras mini
  • 6 chuchus mini
  • 6 abobrinhas mini
  • 6 batatas mini
  • 3 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 colher (sopa) de óleo
  • Sal a gosto
  • Salsa (ou salsinha) picada a gosto para polvilhar

Modo de preparo:

Coloque a carne em um saco plástico próprio para alimentos e junte todos os temperos. Feche bem o saco, ponha em uma assadeira e leve à geladeira por uma noite. Retire do saco e transfira para uma panela de pressão com o tempero. Deixe ferver em fogo alto. Abaixe a chama, tampe a panela e cozinhe por 30 minutos. Retire do fogo e aguarde a saída do vapor para abrir a panela. Retire a carne e fatie. Cozinhe os legumes no vapor. Aqueça a manteiga com o óleo, junte os legumes e tempere com sal. Refogue por três minutos. Polvilhe a salsa e sirva com a carne fatiada.

 

Fonte: GNT e Claudia Online