Arquivo da tag: artesanal

Além do velho copo de boteco: os tipos de copo pra cerveja

Taça, tulipa, cálice, tumbler, weizen, caldereta. Tem mais opções do que parece!

Sim! Muito além do copo de boteco, hoje em dia, os copos de cerveja são parte essencial da degustação.  Na Bélgica, país com grande tradição pela cultura cervejeira, cada cerveja tem seu copo específico.

E claro, essa paixão também é muito brazuca! Por isso, cada vez mais, nós brasileiros também queremos cervejas melhores e experiências inesquecíveis.

Mas será que aquele nosso copo tradicional, de 200 ml não serve pra qualquer cerveja? Depende.

Os copos que tem um design diferente do comum tem o seu porquê. Algumas cervejas são mais leves e menos aromáticas e podem ter bastante espuma, para esse tipo podem usar um copo com corpo mais alongado e estreito.

Já as cervejas mais encorpadas e aromáticas, precisam de copos mais bojudos e curtos. Então, além da função visual, os copos são responsáveis pelo aroma que vai encantar você enquanto bebe uma boa cerveja.

Veja o guia:

copos

Existem muitos outros modelos bacanas e a cada dia as cervejarias lançam novos copos, até mesmo como forma de marketing.

A verdade absoluta, claro, é a de sempre: o que vale MESMO é a experiência. Ninguém “precisa” de um copo especial, certo?  Mas, vale a tentativa, com toda certeza!

E se você é fã de cerveja, não pode perder nossa 17ª Degustação Beer Night! Clique AQUI e saiba mais!

Cerveja artesanal: pra todos os gostos

A atenção dada aos mínimos detalhes, faz da cerveja artesanal, uma bebida especial.

Ao ouvir falar em Cerveja Artesanal, pense em cervejas mais bem cuidadas, com produções mais restritas (mas não necessariamente pequenas), o que leva a produtos com resultados finais muito interessantes e diversificados.

Várias micro-cervejarias, mesmo utilizando equipamentos modernos e engarrafando suas produções, ainda assim são consideradas como cervejarias artesanais pelo cuidado que têm com sua produção, indo desde os ingredientes básicos da cerveja, passando pela receita de preparo e chegando até aos conservantes finais, que devem ser naturais e não químicos.


Quais as diferenças entre cerveja artesanal, cerveja industrial e chopp?


Afinal, por que beber cerveja artesanal?

No universo das cervejas artesanais existe uma gama ilimitada de estilos, cores, sabores, aromas, ingredientes. Seja livre para escolher e descobrir suas favoritas – sim, no plural!

O que você prefere: uma cerveja com a assinatura de um artesão ou com a marca de uma megacorporação?  Um produto único ou um produto padrão?

Cervejas artesanais levam a personalidade de quem as produz. Têm DNA, valores, idéias, conceitos. Existe uma pessoa em cada cerveja! São feitas por cervejeiros para cervejeiros!

A verdade é uma só: depois de entrar no mundo das cervejas artesanais, cerveja nunca mais será “só cerveja”.

É ou não é?!


Deu sede? Que tal participar de uma super degustação de cervejas artesanais?

Clique AQUI e fique sabendo tudo sobre esse evento!

Captura de Tela 2017-02-09 às 11.01.16

 

3 receitas simples para harmonizar com 3 principais tipos de cerveja

Se você é um amante de cerveja, sabe que uma boa harmonização provoca o paladar e deixa tudo ainda mais saboroso. E o melhor: você não precisa ser nenhum especialista no assunto para aprender a harmonizar alguns pratos com sua cerveja preferida.

Quer apostar?

3 dos principais estilos de cerveja consumidos no Brasil – Pilsen, Weiss e Pale Ale – podem ser facilmente harmonizadas com pratos simples e sem segredos.

Aproveite o fim de semana e faça o teste!

Pilsen + Hambúrguer Artesanal

A dupla que já é um clássico fica ainda mais saborosa com um hambúrguer caseiro! Segue a receita:

Ingredientes:

  • Blend do hambúrguer: 70% de patinho/20% de contra-filé com gordura/10% bacon
  • Temperos (pimenta do reino, açafrão, alho…)
  • Fatias de cheddar
  • Molho barbecue
  • Pão de hambúrguer

Modo de Fazer:

Misture o blend – ja moído – e tempere com sal, pimenta do reino, alho, açafrão da terra, orégano, pimenta malagueta e vinagre. Depois de moldar, basta colocar na chapa, em fogo alto. Dica: manuseie a carne suavemente e molde o hambúrguer com poucos toques, quanto menos mexer na carne melhor! Isso ajuda a deixá-la suculenta. Quando estiver atingindo o ponto, adicione uma fatia de cheddar. Sele o pão, monte o hambúrguer, adicione molho barbecue e pronto!

Abra sua pilsen e bon apétit!

burg

 

Weiss + Camarão Frito

A cerveja de trigo harmoniza muito bem com peixes e frutos do mar. Que tal um petisco especial?

Ingredientes:

  • 500 g de camarão
  • 1 limão
  • ½ xícara de salsinha
  • 2 dentes de alho
  • Sal e azeite a gosto

Modo de fazer:

Comece temperando os camarões com limão, salsinha, alho e sal e deixe marinar nessa solução por 5 minutos. Depois, coloque um fio de azeite em uma frigideira ainda fria e ponha os camarões para fritar. Para que eles fiquem sequinhos, o segredo é usar pouco óleo e virá-los apenas uma vez. Retire-os em uma travessa forrada com papel toalha e aproveite com uma weiss bem gelada.

camarao

 

Pale Ale + Cheesecake de Limão

Mais amarga, essa cerveja é perfeita para acompanhar a sobremesa, principalmente se ela tiver um toque de limão. A chef patisserie Erika Piacentini criou essa receita incrível que vale a pena degustar com sua Pale Ale.

Ingredientes | Base

  • 300gr de bolacha maizena
  • 200g de manteiga sem sal

Ingredientes | Recheio

  • 400g de nata
  • 450g de cream cheese
  • 200g de açúcar
  • 6g de gelatina
  • 22 ml de água
  • 130 ml de suco de limão
  • 55 folhas de manjericão

Modo de Fazer:

Triture a bolacha no processador.  Acrescente a manteiga e bata até a massa ficar moldável. Bata o cream cheese e o açúcar até ficar homogêneo e em seguida, bata a nata em ponto firme em outro bowl. Misture os dois delicadamente. Derreta a gelatina em banho maria. Depois, misture a gelatina ao cream cheese, açúcar e à nata. Por fim, bata o limão e o manjericão e acrescente à massa.

Distribua a base e pressione para ficar uniforme. Distribua, com o saco de confeitar, o creme pronto sobre a base. Leve ao refrigerador por 8 horas. Decore com nata batida e folhas de manjericão.

Está com água na boca? Abra sua Pale Ale e aproveite!

cheesecake

Se você terminou esse post com água na boca: tenha isso como um sinal! Experimente!

Sticky Toffee Pudding Ale: cerveja e sobremesa!

Você já deve ter visto essa garrafinha por aí e se perguntado qual o sabor dessa curiosa cerveja, certo? Chegou a hora de experimentar!

A Wells Sticky Toffee Pudding Ale  além de uma – incrível – cerveja, é também uma sobremesa!

Sticky toffee pudding é um pudim típico da culinária inglesa. “Sticky” faz referência ao molho pegajoso de açúcar caramelizado com manteiga e “toffee”, o caramelo de leite da massa do pudim. E é exatamente o que é essa cerveja. Inclusive, usada para complementar novas sobremesas!

sticky

A Wells descobriu que os naturais e ricos sabores do caramelo de um pudim poderia ser perfeitamente combinados com maltes escuros. E assim, surgiu uma cerveja verdadeiramente distinta.

Claro, você não deve esperar algo extremamente doce: apesar do doce estar lá, o final é surpreendentemente seco e característico com os sabores e aromas dos tradicionais lúpulos ingleses ‘Fuggles’ e
‘Goldings” que dão à cerveja um delicado e elegante amargor.

Combinada com aperitivos ou com sobremesas à base de amêndoas e chocolate, essa cerveja Ale irá te surpreender!

Já conhece a Sticky Toffee Pudding? Comente!

 

 

Night Beer – Degustação de Cervejas Artesanais

Vem aí, nossa primeira noite de degustação de Cervejas Artesanais. Dia 08 de Maio de 2015 das 17h as 21h. Venha degustar as cervejas e ainda aprender com promotores e especialistas que estarão presentes na casa.

Veja algumas das marcas que estarão disponíveis no evento:

  • Benediktiner WeissbierBrew Dog Punk Ipa
  • Duvel Ale
  • Vedett Extra White Ale
  • Liefmans Fruitesse Ale
  • Primator Rytirsky
  • Hansen Brau Augsburger
  • Hansen Brau Weiber
  • Caldera Hopportunity
  • Aviator Devils Tramping
  • Rodenbach Rosso
  • HB Munchen Weiss
  • Latrappe White
  • Ballast Point Aculpin
  • 8.6 Gold
  • 8.6  Absinthe
  • Júpiter Pale Ale
  • Júpiter APA
  • Júpiter IPA
  • Júpiter Lager
  • Júpiter Tanger
  • Júpiter Meia-Noite

Garanta já sua participação em nosso site

O Crescimento das Cervejas Artesanais no Brasil

As cervejas artesanais caíram definitivamente no gosto dos brasileiros. O País encontrou o mercado da produção artesanal de cervejas e tem alcançado ótimos resultados nos últimos três anos, com um crescimento forte principalmente no interior dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

As cervejas artesanais conquistam pelo gosto diferenciado, pelo aspecto qualificado e pela pureza. Os cervejeiros estão investindo alto neste mercado, e os maiores beneficiados são os pequenos produtores, que fabricam produtos de qualidade para um público seleto e exigente.

A produção de cervejas artesanais praticamente triplicou no Brasil nos últimos três anos. Cidades como Petrópolis e Teresópolis, no Rio de Janeiro, e Campos do Jordão e Indaiatuba, em São Paulo, aparecem como mercados promissores para este tipo de produto.

A variedade de cervejas nacionais nas lojas especializadas também demonstra que o mercado de cervejas premium é muito promissor. No Brasil, a cerveja já é considerada a bebida preferida da população e, no caso das cervejas artesanais, o sucesso está no fato do produto contar com 100% de cereais maltados, com preparo totalmente artesanal e em baixa escala.

O objetivo dos cervejeiros artesanais é justamente respeitar o tempo de produção e maturação da cerveja para preservar o gosto e as propriedades da bebida. As microcervejarias trabalham com rótulos especiais que já respondem por 6% do total de vendas de cervejas no Brasil.

O crescimento da cerveja artesanal no Brasil é recente, mas, em países desenvolvidos, como nos Estados Unidos, por exemplo, esse mercado já faz sucesso há vários anos e se transformou num negócio milionário.

Nos Estados Unidos, as cervejas artesanais começaram a ganhar espaço na década de 1990, quando surgiu um movimento que tinha como ideologia o consumo de cervejas com aroma, cor e sabor. A ideia se tornou bem aceita e se espalhou pelo país, dando origem a diversas microcervejarias norte-americanas que atualmente geram mais de 100 mil empregos em mais de 400 negócios no segmento de cervejas artesanais.

O Brasil segue o mesmo caminho que os Estados Unidos, e já conta com mais de 200 microcervejarias, com grande potencial de crescimento e retorno financeiro.