Arquivo da tag: argentina

Vinhos do mundo: saiba quais países merecem espaço na sua adega

Basta um gole de vinho para fazer uma viagem sensorial por todo o planeta. Países do Velho e do Novo Mundo imprimem suas peculiaridades em seus rótulos, apresentando uma explosão de sabor aos enófilos. Talvez seu paladar seja mais amigo de algumas características e, por isso, você se apaixone mais por um país ou região. Ou, quem sabe, você aproveite cada uma em sua plenitude, sem distinções. Reunimos as principais particularidades dos maiores produtores de vinho do mundo e, toda semana, vamos falar sobre um deles. Primeira parada: Argentina! 

Argentina

Nossos vizinhos ganharam grande importância no cenário da vinicultura atual. Hoje, eles são o quinto maior produtor de vinhos do mundo. O país exporta 25% de toda sua produção anual para o Velho Mundo e dedica uma média de 210 mil hectares aos vinhedos plantados.

A Argentina se destaca pela produção do vinho Malbec – uva originária da região sudoeste da França, mas que se desenvolveu plenamente no país latino graças às condições climáticas, geográficas e geológicas favoráveis ao plantio. Esses fatores fazem com que o Malbec argentino tenha acidez moderada, evitando que amarre na boca.

As bebidas argentinas produzidas com uvas Cabernet Sauvignon também fazem sucesso no mundo todo. Já nos brancos, a predominância vem das uvas da casta Chardonnay. No geral, os vinhos argentinos são conhecidos pela ótima relação de qualidade e preço, além do sabor marcante e que agrada facilmente o paladar.

Confira a variedade de vinhos argentinos em nossa loja virtual!

Malbec World Day: abril é para celebrar um clássico dos vinhos!

Talvez você não saiba, mas Abril é o mês do Malbec! Sim, no mundo dos vinhos também existem datas comemorativas! E com certeza, o Malbec é um motivo especial.

O Malbec World Day é comemorado no dia 17 de abril, e em Buenos Aires, a festa conta com programações especiais.  A data é tão especial que no ano passado, nessa mesma data (28/04), o Brasil participava do grande dia! Foram realizados mais de 70 eventos em 70 cidades de 54 países.

A Malbec é uma uva francesa que se adaptou muito bem na Argentina, a tal ponto que tornou-se a uva emblemática do país. Quando se fala em vinho argentino, rapidamente a associação é feita: Malbec!


Veja nosso post especial AQUI! Um post pra te inspirar a curtir o fim de semana na companhia de um incrível Malbec!


E para comemorar, faremos o 18º Festival do Vinho aqui do Empório Mercantil!Você pode conferir a lista dos rótulos clicando AQUI e claro, reservar seu lugar pra essa noite deliciosa!

Saiba mais, também, no site oficial do evento: Malbec World Day

Vinhos Malbec: uma boa ideia

O Malbec é, sem dúvida, um dos vinhos prediletos dos brasileiros. A uva que é originária da região sudoeste da França, se desenvolveu e ganhou notoriedade mundial, na Argentina.


Curiosidade: no final do século XX, na década de 90, ocorreu a grande revolução do vinho Malbec na Argentina, quando Nicolas Catena produziu o primeiro vinho 100% Malbec, maturado por 24 meses em carvalho francês.


Um dos diferenciais dos Malbecs Argentinos é a sua agradável textura na boca. Alguns especialistas explicam que, o cultivo da uva em altitudes mais elevadas, com grande variação de temperatura, aumenta a intensidade do sabor e dos aromas e faz com que o vinho argentino tenha uma textura mais aveludada e um sabor muito agradável.

É inclusive, uma boa pedida pra quem está começando a se aventurar no mundo dos vinhos. Costuma agradar a maioria dos paladares além de ser um vinho de fácil harmonização. Combina com carnes e molhos vermelhos,  queijos fortes e risottos. 

Ou seja, a desculpa perfeita pra preparar um churrasco com chimi-churri, um hambúrguer especial, ou uma reunião bem informal, com queijos . 

Com o fim do verão, os vinhos mais frescos, dão espaço aos tintos e marcantes. E o Malbec é com certeza, uma escolha à prova de erros. 

Conheça nossa seleção, clicando AQUI

As Seleções e os Vinhos

A Copa do Mundo está com os dias contados para começar e esse ano, o evento é ainda mais especial. Se a maioria dos brasileiros já gosta de um bom futebol, imagina quando o maior evento do mundo desse esporte está sendo sediado pelo Brasil, a paixão aumenta mais ainda! No total, 32 seleções virão até o nosso país para decidir qual delas é a melhor em campo, mas essa é uma ótima oportunidade para falar sobre a seleção dos vinhos.

A Itália e seus vinhos diversificados

Os italianos estão entre os que vêm disputar a Copa do Mundo. Ainda não sabemos exatamente como será seu desempenho em campo, mas quando se trata de vinhos, a variedade desse país é tão grande, que é praticamente impossível conhecer todas as opções. No nordeste do país, os vinhos brancos se destacam, sobretudo o Ribolla e o Verduzzo. Já os vinhos tintos se concentram mais no noroeste, é o caso do Barolo e Barbaresco, que são indicados para todos os paladares, não apenas aos entusiastas de vinhos. A região sul da Itália está entrando agora no universo vinícola, mas já se destaca, especialmente quando se trata dos vinhos sicilianos, como o Nero d’Avola, com um toque aroma de amoreira.

Argentina e os vinhos produzidos na região da Patagônia

Esse local do extremo sul argentino não está isento da produção vinícola, muito pelo contrário! Na Patagônia, são produzidos vinhos com grande variedade, mas principalmente os Pinot Noir. A pureza do próprio ambiente é uma das condições que facilita o cultivo das uvas para a produção do vinho na Patagônia, sobretudo na região do Alto Valle de Río Negro, um dos mais ricos da Argentina. Nesse local, a produção dos vinhos brancos é a que mais se sobressai.

Portugal e os vinhos do Alentejo

Os vinhos do Alentejo são reconhecidos internacionalmente por sua alta qualidade, sendo produzidos em uma região vinícola com mais de 20 mil hectares, em que o clima favorece o cultivo de uvas perfeitas para a fabricação de vinhos. Isso tudo é uma tradição que foi deixada pelo império romano por volta do ano 30 a.C. Os vinhos produzidos no Alentejo, em sua maioria, são tintos e bem fortes, por isso, costumam agradar o paladar de quem já está mais acostumado com essa bebida. Os brancos são mais suaves e recebem aromas de outras frutas também. Os principais vinhos tintos são o Corropio e Grand Noir, enquanto os brancos de destaque são o Alvarinho e Arinto.

Brasil e os vinhos do Vale do Vinhedo

O Brasil também se destaca na produção vinícola. O Vale do Vinhedo, no Rio Grande do Sul, é um verdadeiro roteiro cultural para os amantes da bebida, que recebeu muitas influências da imigração italiana. A vinícola de Bento Gonçalves é uma das que mais se destaca no vale, mas todos os vinhos produzidos nessa região são certificados por sua procedência e qualidade. Quem vai até o Vale do Vinhedo pode visitar as vinícolas e apreciar os vinhos produzidos.