Para o Revéillon: champagne ou espumante! Como escolher?

Se você é fã de Revéillon, muito provavelmente você também é admirador de um bom espumante. Certo?

Afinal, como não ser… o espumante é atraente visualmente. Pouca coisa pode ser tão elegante quanto segurar uma taça na mão. A cor dourada, as perlages (ou bolhinhas) na taça, o modelo da taça. Tudo dá um ar de festividade, elegância e bom gosto.


Todo champagne é um espumante, mas nem todo espumante é champagne! E inclusive, se você quiser saber mais detalhes sobre isso, confira nosso post:

Champagne ou espumante?


E falando em elegância, você sabe de onde veio o champagne? Dos nobres franceses, claro. Por seu armazenamento e transporte em barris, a bebida mudou e as bolhas se tornaram ainda mais marcantes.

Luiz XV definiu o champagne como o primeiro vinho que poderia ser vendido em garrafas e não barris. Dom Pérignon melhorou o processo conseguindo lacrar as garrafas com rolhas e arame, o que fazia com que os espumantes aguentassem mais tempo, aumentando ainda mais o consumo.

Até hoje, uma garrafa de Dom Pérignon  impressiona na mesa!

dom

E os tipos de espumante? 

Moscatel: O querido de todos, por ser de fácil consumo e extremamente doce. A uva se adaptou bem ao Brasil e ótimos espumantes dessa variedade podem ser encontrados por preços ótimos e qualidade excelente.

Sugestão: Torres Floralis Moscatel Oro

Demi-sec: Equivalente ao meio doce, você pode tentar experimentá-lo caso você queira uma bebida um pouco mais robusta e menos enjoativa que o moscatel, mas ainda de fácil degustação.

Sugestão: Espumante Cava Codorniu

Brut: Mais excêntrico e com mais personalidade que os outros dois tipos de espumante, ele seria o equivalente ao vinho “seco”. Sempre uma boa pedida aos amantes de vinho!

Sugestão: Veuve Clicquot Ponsardin Brut

Como servir/beber o espumante?

  • O espumante deve ser servido de 5 a 10 graus. Gele as garrafas com no mínimo 1 hora de antecedência.
  • Você não precisa estourar o espumante, esta é uma tradição extremamente comemorativa e nada tem a ver como o modo “correto” de tomar um espumante. Faça isso com algo mais barato porque você vai perder bastante líquido em forma de espuma.
  • Sirva até metade da taça, não encha.
  • O melhor: espumantes são amigos dos petiscos! Casa com tudo, de batatinhas à queijo com frutas.

Escolha seu espumante favorito – Champagne, ou não – e aproveite a festa!

Aliás, aqui vai uma dica de ouro: o importante no réveillon é curtir a festa do jeito que você gosta. Não curte espumante? Faça o tin-tin com seu amigos e familiares e passe logo pra sua bebida favorita!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *