Arquivo da categoria: Uncategorized

Caipirinha de vinho branco e tinto? A gente te ensina a fazer!

Você provavelmente já deve ter experimentado caipirinha de cachaça (a original, claro), de vodca, de saquê… Mas e de vinho? Se nunca provou, anote essas receitas e faça o teste agora mesmo!

Caipirinha de vinho branco

Ingredientes

  • 1 xícara (chá) de vinho branco seco gelado
  • 2 colheres (sopa) de açúcar
  • 2 limões Taiti
  • Gelo e folhas de hortelã a gosto

Modo de preparo

Coloque os limões cortados e o açúcar em uma coqueteleira e esmague bem com o socador. Em seguida, adicione as folhas de hortelã, o vinho branco, o gelo e agite bem.

Caipirinha de vinho tinto

Ingredientes

  • 2 maçãs picadas
  • 1 abacaxi picado
  • 1 cacho grande de uvas tipo itália sem sementes
  • 1/2 copo (100 ml) de suco de laranja
  • 1 garrafa de vinho tinto seco
  • 1 lata de refrigerante de limão
  • 1 dose de licor de laranja
  • Açúcar e gelo a gosto

Modo de preparo

Coloque as frutas em uma jarra grande de vidro com o açúcar. Adicione os demais ingredientes e mexa bem.

Gostou? Conte pra gente!

Vinhos do mundo: o ressurgimento do vinho do Marrocos

A história do Marrocos na vinicultura tem origem com os fenícios, mas a atividade em escala comercial começou somente em 1912, com a chegada de colonos franceses. Durante a primeira metade do século, o país foi considerado um importante produtor de vinho, porém, na segunda metade, ao se tornar independente da França, encontrou resistências no mercado e viu sua produção declinar – o fato de possuir uma população majoritariamente muçulmana também contribuiu para a ausência de demanda.

Felizmente, de algumas décadas pra cá, o país recebeu investimentos estrangeiros que ajudaram a indústria a se desenvolver e a ganhar visibilidade mundial. Hoje, o Marrocos é a principal aposta vitivinícola do Norte da África e considerado o melhor em potencial natural para a produção de vinhos de qualidade, devido às suas altas montanhas.

A maior produção marroquina, e a de maior destaque, é a de vinho tinto. Estima-se que represente 75% do total. Os melhores vinhos são feitos nas montanhas do Atlas (Meknes e Fez) e espalhados pelo litoral. São 14 denominações de origem no país, e uma décima quinta, de maior status, chamada Coteaux de l’Atlas. As principais variedades de uvas utilizadas para a produção de vinhos são aquelas normalmente encontradas em torno do Mediterrâneo, como a Grenache, Syrah, Cabernet Sauvignon e Merlot. Os vinhos rosés também merecem destaque e representam o segundo estilo mais produzido no país.

Que tal vir degustar um belo vinho marroquino no Empório?