Arquivo da categoria: Cervejas

10 receitas pra lá de saborosas com cerveja

Saia da rotina e prepare um almoço ou um jantar diferente seguindo uma dessas sugestões – tem até uma receita de brigadeiro para arrematar!

Picadinho de carne na cerveja preta

Ingredientes

  • 300 g de alcatra (ou acém) picada em cubos
  • 1 colher (sopa) de farinha de trigo
  • ½ cebola picada
  • 1 dente de alho picado
  • 200 ml de passata de tomate (pode usar 2 colheres cheias de extrato de tomate se preferir)
  • 200 ml de cerveja preta
  • 2 folhas de louro
  • 1 colher (sopa) de molho inglês
  • 1 colher (chá) de sal
  • 1 pitada de cominho em pó
  • Pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Modo de preparo

Em um bowl, adicione a farinha de trigo sobre a carne e misture (a farinha vai ajudar a engrossar o molho na hora do cozimento). Refogue a cebola e o alho no óleo ou na manteiga, acrescente a carne e o molho inglês e doure-a por igual. Adicione a passata de tomate e os temperos (louro, pimenta, cominho, sal), misture e acrescente a cerveja. Mexa rapidamente e deixe a carne cozinhar nesse molho (em fogo baixo) por 10 minutos. Experimente o molho e veja se está com sal na medida certa.

Sobrecoxa de frango com cerveja preta

Ingredientes

  • 4 sobrecoxas de frango sem pele
  • 2 cebolas cortadas em fatias finas
  • 2 alhos picados
  • 1 garrafa de cerveja escura
  • Manteiga para dourar
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Tempere o frango com sal e pimenta-do-reino e reserve. Em um refratário, junte a cebola e o alho, cubra com cerveja e leve à geladeira por 24 horas. Em uma panela, refogue os pedaços de frango na manteiga até que fiquem dourados. Junte a cerveja, a cebola e o alho que ficaram no refratário e cozinhe tudo até que o frango fique macio.

Lombo de porco com cerveja

Ingredientes

  • 1,5 kg de lombo suíno
  • 500 gramas de cebola cortada em rodelas
  • 8 dentes de alho amassados
  • 2 latas de cerveja clara pilsen
  • 1 colher (sopa) de pimenta-da-jamaica (dioica) moída grosseiramente
  • 1/4 xícara de azeite de oliva
  • 1 pimentão vermelho em tiras
  • 1 pimentão amarelo em tiras
  • 200 gramas de vagens cortadas ao meio
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Na véspera, em uma vasilha grande, tempere o lombo com sal e pimenta-do-reino. Junte a cebola, o alho, a cerveja e a pimenta e leve à geladeira. No dia seguinte, coloque o lombo em uma assadeira e coe a marinada (o caldo com os temperos). Junte os temperos coados ao lombo e regue com 2 xícaras (chá) do caldo e o azeite. Leve ao forno quente (200 ºC), preaquecido, coberto com papel-alumínio, por 1 hora e 40 minutos. Retire o papel e junte os legumes temperados com sal. Asse, regando às vezes com o molho da assadeira, por mais 40 minutos ou até dourar.

Camarões empanados em massa de cerveja com molho tártaro

 Ingredientes

  • 6 camarões grandes
  • Farinha de trigo suficiente para empanar os camarões
  • 5 gramas de fermento em pó
  • 5 gramas de açúcar refinado
  • ½ lata de cerveja pilsen gelada
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Misture a farinha de trigo, o fermento e o açúcar, adicione a cerveja e bata por pouco tempo (a consistência da massa deve ser mole). Deixe descansar na geladeira por 15 minutos. Limpe os camarões, tempere com sal e pimenta e passe-os na massa mole. Frite em bastante óleo quente até que a massa fique dourada.

Ingredientes do molho tártaro

  • 130 gramas maionese
  • 80 gramas de pepino em conserva picado
  • 10 alcaparras picadas
  • Suco de ½ limão
  • Cebolinha verde, pimenta-do-reino e pimenta caiena a gosto

Modo de preparo

Misture todos os ingredientes, reserve no refrigerador e sirva com os camarões empanados.

Pão de cerveja

Ingredientes

  • 3 xícaras de farinha de trigo
  • 1 colher (sopa) rasa de fermento em pó
  • 3 colheres (sopa) de açúcar
  • 1 colher (chá) de sal
  • 350 ml de cerveja de sua preferência em temperatura ambiente
  • ¼ xícara de manteiga sem sal derretida

Modo de preparo

Preaqueça o forno em temperatura média. Em uma vasilha, misture todos os ingredientes secos. Adicione a cerveja e mexa até incorporar (a massa deve ficar empelotada). Coloque em uma forma de pão untada e asse de 35 a 40 minutos.

Massa de pizza com cerveja

 Ingredientes

  • 500 gramas de farinha de trigo
  • 1 tablete (15 gramas) de fermento biológico fresco
  • 1 lata de cerveja de sua preferência
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 colher (sopa) de açúcar
  • 1 colher (chá) de sal

Modo de preparo

Coloque a cerveja em uma panela e aqueça-a rapidamente. Desligue o fogo, coloque o açúcar e mexa até dissolver. Adicione o fermento amassado, sal e azeite. Em outra vasilha, coloque a farinha de trigo. Despeje o caldo sobre a farinha e mexa até formar uma massa homogênea. Jogue sobre uma pedra e sove até ficar bem macia. Coloque a massa novamente na vasilha, tampe com um plástico-filme e deixe-a torno de 1 hora, até crescer. Divida a massa em bolinhas e abra com o rolo. Deixe bem fina. Leve ao forno e deixe pré-assada. Após todas estarem prontas é só cobri-las com seu recheio de preferência e levá-las novamente ao forno.

Risoto de filé mignon com cerveja preta e cebolas caramelizadas

Ingredientes

  • 1 xícara (chá) de arroz arbóreo
  • 1 cebola bem picada
  • 2 dentes de alho bem picados
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 250 gramas de filé mignon cortado em iscas
  • 1 xícara (chá) de mini cebolas cruas ou em conserva
  • 1 xícara (chá) de cerveja preta
  • 1 litro de caldo de legumes ou de carne
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • Pimenta, sal e salsa fresca picada a gosto

Modo de preparo

Coloque o caldo para aquecer e mantenha-o bem quente durante todo o preparo do risoto. Em outra panela, refogue a cebola em azeite e depois junte o alho, a carne e o arroz e frite bem. Regue com a cerveja preta. Em outra panela, salteie as cebolas em um fio de azeite e deixe que caramelizem, em fogo baixo. Adicione uma concha de caldo de cada vez ao risoto, mexendo sempre e esperando que a última concha de caldo esteja totalmente absorvida para adicionar a próxima. Repita esse processo até que o arroz esteja al dente. Por fim, ajuste o sal e a pimenta, junte as cebolas, regue com uma boa concha de caldo, junte a manteiga e misture tudo delicadamente. Adicione a salsinha picada, regue com um fio de azeite e tampe para descansar fora do fogo por cerca de dois minutos.

Fondue de cheddar com cerveja

Ingredientes

  • 250 gramas de queijo ementhal
  • 250 gramas de queijo cheddar
  • 200 ml de cerveja tipo Lager
  • 30 ml de Kirsh (se não tiver, use cachaça)
  • 20 gramas de amido de milho

Modo de preparo

Aqueça uma panela de fundo grosso ou um rechaud. Adicione a cerveja e ferva por 2 ou 3 minutos para evaporar o álcool. Coloque os queijos aos poucos, até formar uma massa homogênea. Misture se necessário. Em um copo, dissolva o amido de milho no Kirsh (ou na cachaça) e coloque no preparo dos queijos, sempre mexendo, até ficar cremoso. Sirva com pães cortados em cubos.

Panquecas doces com massa de cerveja

Ingredientes

  • 1 xícara (chá) de farinha de trigo com fermento
  • 1 xícara (chá) de cerveja clara da sua preferência, em temperatura ambiente
  • 1 ovo
  • 1 punhado de mirtilo ou 2 bananas fatiadas em rodelas finas (ou outra fruta de sua preferência)
  • Manteiga para untar

Modo de preparo

Em uma vasilha, misture a farinha, a cerveja e o ovo. Bata rapidamente com um garfo ou um fouet. Adicione as frutas fatiadas. Em fogo médio, esquente uma frigideira com um pouco de manteiga. Coloque um pouco da massa no centro da frigideira – a quantidade vai depender do tamanho que você quer as panquecas. Depois de cerca de 1 minuto, vire a panqueca. Tire quando dourar.

Brigadeiro de cerveja 

Ingredientes

  • 1 lata de leite condensado
  • 1 colher (sopa) de margarina sem sal
  • 150 ml de cerveja
  • Canela a gosto

Modo de preparo

Ferva a cerveja até que ela “suba”, semelhante ao leite. Coloque em um recipiente para esfriar. Quando a cerveja fervida estiver em temperatura ambiente, coloque-a em uma panela juntamente com o leite condensado e a margarina e misture no fogo baixo até que desgrude da panela, igual ao ponto do brigadeiro tradicional. Com o fogo desligado e o brigadeiro ainda quente, coloque as porções em copinhos e jogue pitadas de canela por cima.

Fontes: M de Mulher e Receiteria

Além do velho copo de boteco: os tipos de copo pra cerveja

Taça, tulipa, cálice, tumbler, weizen, caldereta. Tem mais opções do que parece!

Sim! Muito além do copo de boteco, hoje em dia, os copos de cerveja são parte essencial da degustação.  Na Bélgica, país com grande tradição pela cultura cervejeira, cada cerveja tem seu copo específico.

E claro, essa paixão também é muito brazuca! Por isso, cada vez mais, nós brasileiros também queremos cervejas melhores e experiências inesquecíveis.

Mas será que aquele nosso copo tradicional, de 200 ml não serve pra qualquer cerveja? Depende.

Os copos que tem um design diferente do comum tem o seu porquê. Algumas cervejas são mais leves e menos aromáticas e podem ter bastante espuma, para esse tipo podem usar um copo com corpo mais alongado e estreito.

Já as cervejas mais encorpadas e aromáticas, precisam de copos mais bojudos e curtos. Então, além da função visual, os copos são responsáveis pelo aroma que vai encantar você enquanto bebe uma boa cerveja.

Veja o guia:

copos

Existem muitos outros modelos bacanas e a cada dia as cervejarias lançam novos copos, até mesmo como forma de marketing.

A verdade absoluta, claro, é a de sempre: o que vale MESMO é a experiência. Ninguém “precisa” de um copo especial, certo?  Mas, vale a tentativa, com toda certeza!

E se você é fã de cerveja, não pode perder nossa 17ª Degustação Beer Night! Clique AQUI e saiba mais!

Cerveja artesanal: pra todos os gostos

A atenção dada aos mínimos detalhes, faz da cerveja artesanal, uma bebida especial.

Ao ouvir falar em Cerveja Artesanal, pense em cervejas mais bem cuidadas, com produções mais restritas (mas não necessariamente pequenas), o que leva a produtos com resultados finais muito interessantes e diversificados.

Várias micro-cervejarias, mesmo utilizando equipamentos modernos e engarrafando suas produções, ainda assim são consideradas como cervejarias artesanais pelo cuidado que têm com sua produção, indo desde os ingredientes básicos da cerveja, passando pela receita de preparo e chegando até aos conservantes finais, que devem ser naturais e não químicos.


Quais as diferenças entre cerveja artesanal, cerveja industrial e chopp?


Afinal, por que beber cerveja artesanal?

No universo das cervejas artesanais existe uma gama ilimitada de estilos, cores, sabores, aromas, ingredientes. Seja livre para escolher e descobrir suas favoritas – sim, no plural!

O que você prefere: uma cerveja com a assinatura de um artesão ou com a marca de uma megacorporação?  Um produto único ou um produto padrão?

Cervejas artesanais levam a personalidade de quem as produz. Têm DNA, valores, idéias, conceitos. Existe uma pessoa em cada cerveja! São feitas por cervejeiros para cervejeiros!

A verdade é uma só: depois de entrar no mundo das cervejas artesanais, cerveja nunca mais será “só cerveja”.

É ou não é?!


Deu sede? Que tal participar de uma super degustação de cervejas artesanais?

Clique AQUI e fique sabendo tudo sobre esse evento!

Captura de Tela 2017-02-09 às 11.01.16

 

A cerveja DEUS: Você precisa conhecer

Se você é fã de cervejas artesanais, com certeza já ouviu falar da Deus Brut des Flandres. Se você ainda não conhece… aqui vão alguns motivos que levarão você a desejar a tão elogiada cerveja!

Em 2005, a Brasserie Bosteels, da Bélgica, resolveu desenvolver uma nova cerveja elaborada com cevada e leveduras especiais, concebida para ser uma autêntica simbiose entre uma cerveja especial e um vinho espumante.

A Deus Brut des Flandres é uma cerveja especialíssima em função da sua técnica de elaboração, conhecida por champegnoise.

O processo de fabricação começa na Bélgica, termina na França e chega até você no Brasil.  É uma experiência única! São produzidas 15mil garrafas da cerveja Deus por ano. E quem não gosta de degustar algo tão especial, não é?

deus2

O caminho:

  • A largada é na Brasserie Boosteels, onde é fermentada por duas vezes
  • O líquido é transportado para a região de Champagne, na França (daí o método ser conhecido por champegnoise), onde recebe mais açúcares e fermentos, e é posto para maturar por no mínimo 12 meses em barris de carvalho
  •  Depois, é posta em garrafas — por sinal, as mesmas que são usadas no célebre champagne Dom Pérignon, da casa Moët&Chandon — que são submetidas à técnica da remuage, na qual um profissional as gira diariamente, no mesmo sentido, cada vez inclinando um pouco, até ficarem com os gargalos totalmente voltados pra baixo
  • Após essa fase, congela-se somente os gargalos, nos quais se depositaram os fermentos e demais borras, os quais são expulsos pela própria pressão do líquido
  • Adiciona-se à garrafa um pouco da cerveja previamente pronta apenas para preencher o espaço vazio resultante da expulsão dos fermentos congelados.

Deus está pronta!

Que tal dar esse presente pro seu paladar, ein? Só podemos dizer: vale a pena!

Quer comprar? Clique AQUI!

 

 

Uma cerveja única: Trignac XII

A Cerveja Trignac XII é uma de coloração dourada e sabor único.

A Kasteel Triple é a base da Trignac XII que entra nos barris de carvalho (que antes de servirem para a maturação da cerveja são usados para amadurecer conhaque francês em um processo lento que dura dois anos e meio) com teor alcoólico de 11% ABV e após o processo de maturação é engarrafada com 12% ABV. Isso se deve ao fato de que as barricas utilizadas contém certa quantidade de conhaque absorvidos pela madeira e liberados na cerveja durante o amadurecimento.

trignac

Não há como escapar do doce aroma de uvas e do impacto do álcool, dando uma leve impressão de vinho, com um sabor tendendo para o conhaque. O álcool preenche plenamente a boca e dá uma sensação agradavelmente quente.

Esta é a cerveja mais exclusiva produzida pela Castle Brewery Van Honsebrouck e também a mais alcoólica.

Vale a pena experimentar! É uma cerveja de sabor inesquecível!

Perfeita para desfrutar lentamente  ou com um prato de queijos.


Mas por que não, com aperitivos? A gente compartilha uma receita fácil de preparar pra você combinar com sua cerveja preferida – a Trignac XII ou qualquer outra!

Batatas Assadas com Ervas e Queijo Parmesão 

Ingredientes :

  • 4 batatas fatiadas no comprimento (com casca)
  • Azeite de oliva
  • 3 dentes de alho picadinho
  • Temperos e sabores à vontade
  • 1/2 xícara de queijo parmesão (de preferência, ralado na hora – é muito mais gostoso!)
  • Sal a gosto
  • Salsinha, cebolinha e verdinhos à vontade! (capricha!)

aperitivo

Como faz :

  1. Pré-aqueça o forno em 180ºC e unte uma forma retangular com um pouquinho de azeite;
  2. Em uma tigela grande, coloque as batatas, regue com azeite e misture. Reserve;
  3. Em uma frigideira, frite o alho picadinho até quase ficarem amarelinhos (2 pontos abaixo de dourar, porque ainda vai ao forno). Reserve;
  4. Em uma tigela menor, misture os temperos (ervas, pimentas…) e o sal;
  5. Com as batatas dispostas na forma com a casca para baixo, polvilhe o parmesão ralado na hora, o alho e, em seguida, polvilhe a mistura de ervas e temperos;
  6. Asse até ficarem douradas – de 25 a 30 minutos, depende do forno, retire do forno, salpique a salsinha, cebolinha e outros verdinhos  e pronto!
  7. Dica de ouro: Experimente mergulhar num creminho de gorgonzola… ou até no ketchup rústico!

Aproveite a dica e o calor! Tin-tin!

 

Bebidas para presentear!

Essa é a época do ano em que mais trocamos presentes. Natal, festas com amigos, amigo oculto com o pessoal do trabalho, ceia com a família…

Você com certeza não quer ficar conhecido entre os amigos e os familiares como “a pessoa que não sabe dar presente”, certo?

Listamos aqui, 5 itens que podem ser o presente ideal para diferentes ocasiões e perfis. Aproveite as dicas, e claro, compartilhe esse post com aquela pessoa que merece essa indireta!

  1. Cerveja Vedett Extra White

Com sabor marcante em um delicioso gosto refrescante, essa cerveja agrada a todos os paladares! Surpreendentemente revigorante e com toques da laranja e do limão, essa Veddet promete um final seco e suavemente amargo. Pro chefe, pro amigo que curte cerveja, pra’quela pessoa que gosta de uma cervejinha especial… pra presentear e pedir de presente!

vedett

  1. Aperol

Todo mundo conhece alguém que curte drinks! Ah, essa dica serve também pra quem gosta de estar “na moda”, afinal, o Aperol é o ingrediente principal do Spritz, aquele drink que além de bonito e delicioso, combina com o verão! Inclusive, já falamos dele aqui. É de dar água na boca, não é? Eu se fosse você, colocaria na lista de presentes.

aperol

Compre aqui: Aperol

  1. Espumante Brut Santa Augusta

Pra quem gosta de dar presente com utilidade, um espumante é uma boa pedida. Esse espumante é de fácil harmonização, e possui aroma fino e delicado, fácil de agradar! Pro presenteado saborear no reveillón ou quando preferir!

espum

Compre aqui: Espumante Brut

  1. Tequila 

Pro amigo festeiro, pra namorada que só bebe na margarita, pra dividir entre os amigos: tequila e festa combinam e muito! E se você conhece alguém que não gosta de tequila, é porque nunca bebeu! Arriba!

marg

Ficou afim dessa margarita? Compre tequila AQUI

  1. Livro Dicionário Gastronômico Vinho e suas Receitas

Um livro pra satisfazer as curiosidades do vasto universo desta bebida que cada vez mais atrai admiradores. Além disso, o livro apresenta 26 deliciosas receitas de pratos salgados, de sobremesas, e de drinques, todas feitas com vinho. Quem sabe você não adianta esse presente pra aproveitar os benefícios já na Ceia de Natal, não é?

wine

Compre AQUI

Boas festas e boas compras! 

4 cervejas para comemorar a Oktoberfest

Estamos no mês da maior festa cervejeira do mundo! A tradicional Oktoberfest de Munique, na Alemanha – que já começa em setembro por lá – desembarcou no mundo todo e nós brasileiros, não ficamos fora dessa!

A festa é regada a cervejas do estilo Oktoberfest, que são Lagers maltadas, de produção sazonal, e tradicionalmente servidas no caneco de 1L, o Maßkrug.  Criado em 1810 para celebrar o casamento entre Ludwig I e Therese de Saxe-Hildburghausen, o estilo de cerveja Oktoberfest tem coloração dourada, malte marcante e lúpulo suave.

Quer comemorar a maior festa cervejeira de todas? Nós te indicamos 4 rótulos especiais:

Paulaner Oktoberfest Bier

Brilhante e de coloração amarelo forte, tem aromas delicados de biscoto e cereais matinais, com toques leves de floral de lúpulo. No paladar, tem equilíbrio entre o dulçor do malte e o amargor que vem do lúpulo. É uma cerveja equilibrada e fácil de beber – pode encher o Maßkrug sem medo!

paulaner

Brooklyn Oktoberfest

Fiel ao estilo original, esta cerveja norte-americana tem coloração marrom clara, com espuma bem cremosa. Os aromas e sabores suaves e doces vêm do malte. Ótimo exemplo do estilo, foi eleita por dois anos seguidos (2010 e 2011) a melhor Oktoberfestbier do mundo pelo World Beer Awards.

brooklyn

Eisenbahn Oktoberfest

Uma das primeiras cervejas do estilo no Brasil, é produzida de setembro a outubro. Tem sabor intenso e adocicado de malte, acompanhado por um leve amargor. Combinação perfeita para as salsichas alemãs!

eisenbahn

Spaten Oktoberfestbier

Feita por uma das fábricas de cerveja mais antigas de Munique, é uma bebida de cor dourada e com textura densa, muito aromática e de sabor intenso. Vá sem medo!

spaten

Deu aquela sede? Comemore a Oktoberfest em grande estilo! É só escolher!

Quais as diferenças entre cerveja artesanal, cerveja industrial e chopp?

Que essas bebidas são paixão nacional, disso ninguém tem dúvida… se você é do tipo de pessoal que não dispensa uma cerveja ou um chopp com os amigos, sabe do que estamos falando.

E o que vemos, é cada vez mais opções de cervejas artesanais e industriais por aí. E muitas vezes nem sabemos qual escolher!

Mas você sabe as principais diferenças entre essas bebidas? E por que a cerveja artesanal vem conquistando tanto espaço? Veja!

Cervejas Artesanais X Cervejas Industrializadas

A diferenciação da cerveja artesanal da industrializada pode ser conferida na própria garrafa.  A atenção dada aos mínimos detalhes nas cervejarias artesanais já aparece no rótulo.

E é justamente por se preocupar com a essência da bebida e buscar os melhores ingredientes para o seu consumidor que a produção desse tipo de bebida costuma ser realizada em pequena escala.

Quando observamos a cerveja industrial, o que se percebe é que sua produção tem o objetivo de atingir o maior número de consumidores possível e por isso é produzida em larga escala e quando lidamos com esse tipo de produção fatalmente a qualidade ou, melhor dizendo, a autenticidade do produto fica comprometida.

beer

Essa é uma das razões pela qual tantas pessoas estão descobrindo o prazer de apreciar poucas e boas cervejas artesanais ao invés de “encher a cara” com uma cerveja carregada de produtos químicos.

Mesmo alguém que não possua conhecimento técnico sobre a cerveja é capaz de diferenciar a cerveja artesanal da industrial apenas pelo paladar. Por uma questão de economia, a receita das cervejas industrializadas é composta por uma mistura de malte, que costuma compor 60% da mistura com outros cereais, como milho e arroz.

Já a cerveja artesanal é composta por ingredientes selecionados e de origem mais nobre, normalmente importados de países com uma grande tradição cervejeira, como Alemanha e Bélgica.

Cerveja X Chopp

A fabricação é diferente, sim! O chopp é consumido na sequência do processo de maturação e, por isso, é mais fresco que a cerveja – que depois da maturação, ainda sofre uma pasteurização.

chopp

Outra diferença entre o chopp e a cerveja é a cremosidade. A cerveja, ao ser engarrafada, sofre um choque térmico e deixa a bebida mais líquida. O chopp é envasado em barris de aço e não passa por esse processo. Além disso, a bebida é servida em chopeiras que injetam mais gás carbônico à bebida, deixando o chopp mais cremoso.

Então, depois de ler esse post… você não acha que merece um happy hour? O que você prefere: cerveja ou chopp?

7 cervejas inusitadas que todo amante de cerveja deveria conhecer

Engana-se quem pensa que cerveja é o tipo de bebida “com receita pronta”. O universo das cervejas nos surpreende não somente pela alegria que proporciona, mas pela criatividade de quem produz.

É o que confirmam essas 7 cervejas muito diferentes, que você confere nessa lista pra lá de bizarra – e curiosa!

1. A cerveja de bacon: Voodoo Bacon Maple

Como se não bastasse o fato de ser uma cerveja feita com bacon ela ainda leva xarope de bordo – tipo mais comum de calda para as famosas panquecas americanas.

A mistura parece bastante ousada, né? Bom… quem já provou essa iguaria, diz que o sabor não decepciona.

roguebacon

 

2. A cerveja que não esquenta: Kirin Frozen

É o que garantem os japoneses que inventaram a Kirin Frozen, uma cerveja que é coberta por uma espuma congelada capaz de mantê-la gelada por até 30 minutos em ambientes de até 40ºC.

A bebida é armazenada em uma máquina que lembra as de iogurte e refrigerante, e consegue resfriar a espuma para uma temperatura até -5ºC. Segundo seus desenvolvedores, a técnica não usa gelo ou água.

kirinfrozen

 

3. A cerveja de frutos do mar: Marooned on Hog Island

Essa é uma das mais bizarras. A escolha do ingrediente, segundo seus criadores, é para dar um final mais salgado à bebida. Ela é fabricada com água onde ostras são cultivadas… essa é pra você que acha que cerveja cai super bem com um camarãozinho à beira mar.

Será?

maroond

4. A cerveja de avocado: Avocado Ale

Ela só pode ser encontrada no Angel City Brewery  & Public House em Los Angeles, na Califórnia. Mas desperta muita curiosidade pela receita.

A mesma também conta com pimentas vermelhas e alho, o que a torna praticamente uma guacamole de álcool. Vale a pena degustá-la com uma porção de nachos, não?

avocadoale

 

5. A cerveja pra amantes de gastronomia francesa: Creme Bruleé Stout

A cervejaria Southern Tier resolveu inovar e sofisticar sua produção desenvolvendo uma cerveja com o sabor da tradicional sobremesa francesa. Com 9,5% de graduação alcoólica, ela recebe notas de baunilha e pode acompanhar (e até servir de ingrediente para) diversas sobremesas.

Hmmmm! Essa é de dar água na boca, ein?

cremebrulee

 

6. A cerveja hipster de barba: Rogue Beard Beer 

Essa te fez revirar o estômago? Ela é realmente exótica, já que a cerveja tem como ingrediente principal a levedura selvagem encontrada na barba.  Mas essa barba é de ninguém menos que o mestre cervejeiro da Rogue, John Maier, que cultiva a vasta pelugem há mais de 30 anos.

Nojento? Essa é a cerveja dos corajosos!

beardbeer

E então, qual dessas cervejas você ficou afim de conhecer? Qual delas você não beberia nem por 1 milhão de dólares? Comente aqui!

3 receitas simples para harmonizar com 3 principais tipos de cerveja

Se você é um amante de cerveja, sabe que uma boa harmonização provoca o paladar e deixa tudo ainda mais saboroso. E o melhor: você não precisa ser nenhum especialista no assunto para aprender a harmonizar alguns pratos com sua cerveja preferida.

Quer apostar?

3 dos principais estilos de cerveja consumidos no Brasil – Pilsen, Weiss e Pale Ale – podem ser facilmente harmonizadas com pratos simples e sem segredos.

Aproveite o fim de semana e faça o teste!

Pilsen + Hambúrguer Artesanal

A dupla que já é um clássico fica ainda mais saborosa com um hambúrguer caseiro! Segue a receita:

Ingredientes:

  • Blend do hambúrguer: 70% de patinho/20% de contra-filé com gordura/10% bacon
  • Temperos (pimenta do reino, açafrão, alho…)
  • Fatias de cheddar
  • Molho barbecue
  • Pão de hambúrguer

Modo de Fazer:

Misture o blend – ja moído – e tempere com sal, pimenta do reino, alho, açafrão da terra, orégano, pimenta malagueta e vinagre. Depois de moldar, basta colocar na chapa, em fogo alto. Dica: manuseie a carne suavemente e molde o hambúrguer com poucos toques, quanto menos mexer na carne melhor! Isso ajuda a deixá-la suculenta. Quando estiver atingindo o ponto, adicione uma fatia de cheddar. Sele o pão, monte o hambúrguer, adicione molho barbecue e pronto!

Abra sua pilsen e bon apétit!

burg

 

Weiss + Camarão Frito

A cerveja de trigo harmoniza muito bem com peixes e frutos do mar. Que tal um petisco especial?

Ingredientes:

  • 500 g de camarão
  • 1 limão
  • ½ xícara de salsinha
  • 2 dentes de alho
  • Sal e azeite a gosto

Modo de fazer:

Comece temperando os camarões com limão, salsinha, alho e sal e deixe marinar nessa solução por 5 minutos. Depois, coloque um fio de azeite em uma frigideira ainda fria e ponha os camarões para fritar. Para que eles fiquem sequinhos, o segredo é usar pouco óleo e virá-los apenas uma vez. Retire-os em uma travessa forrada com papel toalha e aproveite com uma weiss bem gelada.

camarao

 

Pale Ale + Cheesecake de Limão

Mais amarga, essa cerveja é perfeita para acompanhar a sobremesa, principalmente se ela tiver um toque de limão. A chef patisserie Erika Piacentini criou essa receita incrível que vale a pena degustar com sua Pale Ale.

Ingredientes | Base

  • 300gr de bolacha maizena
  • 200g de manteiga sem sal

Ingredientes | Recheio

  • 400g de nata
  • 450g de cream cheese
  • 200g de açúcar
  • 6g de gelatina
  • 22 ml de água
  • 130 ml de suco de limão
  • 55 folhas de manjericão

Modo de Fazer:

Triture a bolacha no processador.  Acrescente a manteiga e bata até a massa ficar moldável. Bata o cream cheese e o açúcar até ficar homogêneo e em seguida, bata a nata em ponto firme em outro bowl. Misture os dois delicadamente. Derreta a gelatina em banho maria. Depois, misture a gelatina ao cream cheese, açúcar e à nata. Por fim, bata o limão e o manjericão e acrescente à massa.

Distribua a base e pressione para ficar uniforme. Distribua, com o saco de confeitar, o creme pronto sobre a base. Leve ao refrigerador por 8 horas. Decore com nata batida e folhas de manjericão.

Está com água na boca? Abra sua Pale Ale e aproveite!

cheesecake

Se você terminou esse post com água na boca: tenha isso como um sinal! Experimente!